segunda-feira, 24 de agosto de 2015

(BEDA) RECOMENDO: The Road Within 24/31

Hoje é segunda e a segunda costuma ser uma extensão do domingo no que diz respeito à queria star morta.

Por isso trago para vocês uma pequena recomendação. Antes de tudo, vocês já sabem que eu não sei falar sobre as coisas que eu amo. 
The Road Within é um filme.


E eu amei.
Logo, não vou saber muito bem o que falar dele, mas vou tentar em forma de perguntas e respostas, porque acho que vai ser mais fácil assim.

Qual a história? O filme conta um pouco da vida de Vicent (Robert Sheehan maravilhoso, amo ele, sdds Misfits) quando, depois da morte da mãe, é mandado para uma clínica psiquiátrica pelo pai que não sabe (e nunca soube) lidar com a Síndrome de Tourette que o rapaz tem. Só aí já podemos imaginar se tratar de um excelente filme, certo? Mas calma. Na clínica, Vicent conhece Marie (Zöe Kravitz), uma menina com distúrbios alimentares e Alex (Dev Patel - outro ator incrível), um menino com um TOC severo de limpeza e juntos (mais ou menos) resolvem fugir e viver uma aventura, numa tentativa de superar - ou esquecer - seus problemas.


Por que amei tanto? A história tem tudo que eu mais gosto: drama, jovens perturbados, conflitos familiares e amor. Ah, e Robert Sheehan, claro.

O que eu aprendi com esse filme?


"What if it sucks?” “What if it’s amazing?”
“What if it’s dangerous?” “What if it’s exciting?”
“What if we die?” “What if we live?"


BOOOM!

Sério, vocês precisam ver esse filme. Olhem o trailer!


De nada.

5 comentários:

  1. Amiga, também adoro tudo o que traz boa dose de drama com bônus de uns jovens perturbados, HAHAHA. Cê sabe que é difícil alguém me fazer ter vontade de assistir filme, mas vou colocar esse na minha listinha de TALVEZ QUEM SABE UM DIA porque achei a premissa super interessante!

    E te amo muito! <3333

    ResponderExcluir
  2. Amiga, amei. Só a citação já levou esse filme pra minha listinha. Aí a sinopse e o trailer fizeram eu querer ver agora. Só que já é amanhã e eu ainda tenho que ver minha novela, então vai ficar para outro dia dessa semana. Mas vai sair, eu juro. Fiquei com muita vontade.

    Te amo super <3

    ResponderExcluir
  3. Coincidentemente, tu é a segunda pessoa em dois dias que eu vejo falando sobre esse filme. Uma eu vi compartilhando uma foto dizendo que foi o melhor filme que ela viu ultimamente, e agora tu dizendo que amou. Se eu já quero ver? KERO. MUITO.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Nem assisti e já amo pacas? Jovens problemáticos e dramas familiares já me chamaria demais, mas daí eles resolvem sair por aí, e eu amo esse negócio de ~sair por aí~, esse clima on the road, vamos fugir, etc. Mas de fato, o que me convenceu que eu preciso desse filme foi essa quote. Amiga do céu. AMIGA. DO. CÉU. É pra mim.

    te amo <3

    ResponderExcluir
  5. "A história tem tudo que eu mais gosto: drama, jovens perturbados, conflitos familiares e amor", sim, é tudo que eu amo também. Aliás, a descrição do filme me lembrou um bocado Se Enlouquecer Não se Apaixone (horrível esse título, nada a ver com o filme), que tem essa toada de transtornos psicológicos, jovens, amor, etc, etc.

    Enfim, verei assim que tiver a oportunidade <3
    beijocas

    ResponderExcluir