domingo, 23 de agosto de 2015

(BEDA) Libertas Quae Sera Tamen 23/31

Quando fui apresentada à essa belíssima frase - retirada de um poema de Virgílio - soube na hora que precisava tatuar ela em alguma parte do meu corpo para lembrar de sempre ir em busca da Liberdade, ainda que tardiamente.

A Liberdade ainda que tardia, traduzindo

Casualmente hoje estava olhando para o meu braço, pensando que logo vou ter que retocar a tatuagem, e comecei a pensar no real significado dela pra mim. Pensando, então, que pudesse me inspirar mais nesse sentido e aproveitando que hoje combinamos de preparar um post temático, eis que trago para vocês hoje nesse vigésimo terceiro (!!!) dia de BEDA, alguns links sobre o tema Liberdade - não necessariamente que abordem diretamente esse tema, mas que me inspiram, ou me fazem pensar (querer, buscar, ser) na liberdade em si.

MÚSICA 

Essa Tal Liberdade - SPC. 
Brinks.

A música que ultimamente mais tem me inspirado a correr por aí em busca da minha amada é Get Lost da gurias do Icona Pop. Na verdade todas as músicas delas me dão vontade de sair por aí aproveitando a vida, o universo e tudo mais. 


LIVRO

Garota Interrompida, porque quando a gente lê sobre alguém que teve a sua liberdade arrancada e foi trancafiada em um hospital psiquiátrico por dois anos, a gente começa a dar mais valor para a liberdade que tem, né? Ok, o tempo era outro e as condições pelas quais ela foi internada também, mas um dia a gente conversa melhor sobre isso. Sem contar que é um dos meus livros favoritos (a história é real!), junto com a adaptação cinematográfica também. Sdds Winona Ryder.


FILME

Frances Ha - Sou apaixonada pela ideia de "tenho um sonho, não tenho muito talento pra isso, mas vou atrás igual", porque não é assim que todos deveríamos ser? Correr atrás dos sonhos sem medo de parecer bobo, de parecer menos? Isso é o que chamo de liberdade (?) e é isso que Frances tão graciosamente desastrada nos mostra no filme. Queria ser como ela em vários momentos da minha vida.


E para fechar lindamente esse post, recomendo fortemente esse texto da Mari, do Lugar de Mulher, que fala um pouco sobre como nós, mulheres, podemos ser protagonistas das nossas próprias vidas e ainda termina com uma ótima frase que vou usar para terminar esse post também:

"A única forma de lidar com um mundo que não é livre é se tornando tão absolutamente livre que a tua própria existência vire um ato de rebeldia" Camus. 





8 comentários:

  1. Que música delicinha Gabs! Essas meninas tem uma pegada bem upbeat mesmo né? Acho linda essa frase e você me lembrou que preciso retocar minhas tatuagem do braço também ;~

    Gostei muito do quote, mas não sou boa com atos de rebeldia, mas gosto da liberdade que tenho ainda que ela não seja total... Meu objetivo de vida é exatamente chegar lá, mas baby steps né?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, que post maravilhoso. Achei o meu chatíssimo, total devia ter falado de uma coisa linda assim que nem você fez. Morro de vontade de ler Garota Interrompida porque já assisti a adaptação e amo demais (Winona, que mulher). Frances Ha é um filme que acho que tem total a minha vibe, mas por algum motivo ainda não assisti. Sabe quando você ama algo sem ter motivo pra isso? Sou eu amando demais Frances Ha. Amo, ainda que não tenha assistido. Um dia tiro o atraso.

    No mais, amo muito sua tatuagem e saber o que essa frase significa pra você e o que te motivou a gravar ela aí na sua pele me fez gostar dela ainda mais. Aff, preciso ser uma mafiosa tatuada também.

    te amo <3

    ResponderExcluir
  3. Amiga, adorei seu tema! Sempre achei linda a sua tatuagem e espero que sua liberdade nunca seja tardia, sempre em tempo. Nunca li "Garota, Interrompida" e nunca tinha levado muito a sério, sei lá, acho a capa feia e essa vírgula entre o sujeito e o predicado sempre me incomodou, mas agora tô doida pra ler, afinal de contas não se despreza os livros favoritos das migas (mesmo que eu venha a dar 3 estrelas).

    Frances Ha é uma delicinha de filme, também me identifiquei horrores. Te amo! <3

    ResponderExcluir
  4. Adorei o tema, meu amor. Se não me engano, era o tema do mosaico da primeira edição do mafiazine, não era? Adoro a frase e adoro a tatuagem, até inspirou um post futuro talvez <3

    Não conheço a música nem a banda, vou conferir. Vi o filme de Garota, Interrompida, mas nunca li o livro. E ainda não vi Frances Ha, sou uma vergonha.

    Te amo!

    ResponderExcluir
  5. Adorei esse tema! Minha primeira tatuagem tinha esse significado, e Icona Pop é maraaaaaa. Já ouvi falar demais desse Garota Interrompida. Adicionando na listinha das leituras...

    Sábado te marquei numa meme, mas como o fds foi beeeeem corridinho só tive como te avisar hoje. Sim, é um aviso, pq vc é a melhor em memes, e sim eu quero ver suas respostas.

    Boa segunda e boa semana, Gabs. Beijocaaas

    eurenata.com

    ResponderExcluir
  6. Eu adoreeeeiii Frances Ha quando assisti justamente pelo sentimento profundo que senti de: tamo junto. É tão inspirador/desestimulante na mesma medida a gente ser soterrado de filmes de pessoas mega bem sucedidas, não é? É bom ver gente normal de vez em quando.

    Adoro essa sua tattoo, por sinal <3
    Te amo

    ResponderExcluir
  7. Garota, Interrompida é um dos meus livros - e filmes - preferidos da vida. Lembro que quando o li fiquei bem impressionada e blergh, porque ele é extremamente forte. Mas nunca havia pensado no fato de que ele lida com a temática da liberdade. Acho que você tem razão. Ele fala de uma pessoa que perdeu sua liberdade por conta do "mau uso" da mesma.

    Frances Ha poderia, facilmente, ser classificado como o filme da minha vida. Escrevi um post sobre ele há uns meses porque, cara, é bem isso. É tentar fazer o que se quer. "Mas eu não sei o que quero." Ninguém sabe até tentar descobrir. E isso é lindo. ♥

    Sua tatuagem = coraçõezinhos

    ;*

    ResponderExcluir
  8. Amo amo amo sua tatuagem porque acho essa frase incrível e tenho o maior orgulho dela estar na bandeira do meu estadinho do coração <3 achei super diferenciado você ter escolhido liberdade como tema, é algo que eu jamais teria pensado como tema?? Amei!
    Frances Ha é amor verdadeiro e amor eterno, assisto sempre que me sinto perdida e invariavelmente me sinto abraçada.
    te amo!

    ResponderExcluir