domingo, 19 de julho de 2015

Agora que a faculdade acabou

Quatro anos se passaram e agora a faculdade acabou. Isso não significa que eu vou ficar longe dela, porém. A formatura é em fevereiro e eu faço parte da comissão, portanto vou precisar ir em reuniões e reencontrar (agora ex) colegas. 

Eu tenho a leve impressão de que a ficha não caiu ainda. Ela ta emperrada lá no alto, porque eu simplesmente não concebo a ideia de que a faculdade acabou.

Agora que a faculdade acabou eu tenho mais tempo, sabe. Eu não tinha tempo. Passei os últimos quatro anos dividindo todas as minhas horas e minutos entre trabalho e estudo. E agora eu não preciso mais. Eu ainda trabalho, mas é impressionante como o trabalho parece ter se transformado em algo mais leve e fácil, agora que eu posso me dedicar totalmente a ele. 

Por anos da minha vida eu esperei pelo momento em que eu escreveria esse texto de despedida, e agora eu não sei o que dizer. Não foi difícil, sabe. Não foram anos desgastantes, apesar de eu ter ficado bem cansada. Eu não me matei estudando e pra dizer a verdade eu achei tudo muito fácil. É normal isso? 

Agora acabou e agora eu tenho as noites livres. E eu posso fazer muitas coisas nessas noites e nenhuma dessas coisas envolve a faculdade mais. É muito estranho. Eu não sei o que fazer. Nem do meu tempo livre nem da vida a partir de agora. Quando foi que isso aconteceu? Onde foi que me contaram que seria assim, porque eu, sinceramente, perdi essas orientações.

Eu andei muito estressada, cansada, irritada. Perdi cabelo, tive problemas de saúde e foi o caos. E agora nada me estressa. Não tem nada que faça eu me estressar! E eu acho isso horrível. Eu não sei lidar com a calmaria, definitivamente. 

Eu sinto falta dos dias atribulados e só se passaram duas semanas. 

maidmarians:

David Bowie in Labyrinth (1986) maidmarians:

David Bowie in Labyrinth (1986)

7 comentários:

  1. Amiga, é muito estranho acabar a faculdade, né? Porque tudo o que a gente sempre conheceu da vida até então foi estudar e de repente acaba e WHAT o que fazemos agora? Mas olha, pode acreditar que a gente arruma atribulação pra qualquer vida pacata e logo logo você vai se sentir cansada e corrida mesmo sem a faculdade, hahhaa.
    Te amo! <3

    ResponderExcluir
  2. Também estranhei o fim da faculdade. Mesmo que eu tenha aumentado minhas horas de trabalho depois do fim das aulas, também senti essa calmaria muito estranha. Acho que a gente se acostuma tanto a fazer malabarismo com mil bolinhas que quando "diminui a dificuldade" a gente fica um pouco entendiado? Sinto isso ainda, mesmo seis meses depois. Estamos precisando aprender a curtir a vida, amiga.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  3. Eu fico imaginando quando for eu terminando a faculdade e ficando com essa sensação. Mas amiga, aproveita. Aproveita pra descansar, pra pensar com calma na formatura e, principalmente, pra cuidar de você.

    Meu deus, me sinto muito adulta com esse tanto de amiga formada.

    te amo <3

    ResponderExcluir
  4. Bom... Você sempre pode fazer um mestrado, uma pós, um doutorado...
    Já eu estou em outra vibe. Eu não vejo a hora da minha faculdade acabar, juro pra você. Definitivamente rsrsrs

    www.expressopradois.com

    ResponderExcluir
  5. OI OI Gab, Rest time ahn =D <3 normal esse sentimento. Eu vi a tua atualização pelo meu FEED DO FACEBOOK e vim correndo.
    Um beijo, Um queijo ...
    DANIELE ♥

    PORDANIELE.COM










































































    ResponderExcluir
  6. Primeiro: parabéns por ter se formado <3
    Segundo, você pode ir arrumando outras coisas pra ir fazendo com o tempo :~

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
  7. Iralinha, tinha feito um comentário super massa, aí foi lá o blogger e comeu ¬¬ fiquei tão puta que só voltei agora com tudo certo hahaha

    ENfim, só queria dizer que te entendo, na verdade eu tive esse sentimento quando terminei o colegial e não tinha absolutamente nenhuma idéia do que fazer com a minha vida, minha faculdade durou só dois anos então não deu nem tempo de acostumar direito e ela já tinha acabado, mas eu te entendo.

    E não se aperreie que logo logo surgem mil e uma complicações e reviravoltas pra te tirar do lugar e deixar seu coração palpitando, algumas serão boas e outras nem tanto, mas torço pro primeiro caso ser a maioria.

    Concordo com a Aninha viu? Aproveite para descansar e sair sim, você merece oras!

    Beijo!

    ResponderExcluir