segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Poxa vida, Robin Williams.

Sabe aquelas coisas que a gente só percebe depois que algo muito ruim acontece?
Tipo hoje, segunda feira de noite chuvosa, que eu estava de boas na lagoas pela internet afora e me deparo com uma notícia que me paralisou. Robin Williams morreu, gente. Eu não conseguia parar de encarar a tela sem acreditar no que estava lendo.
Sei lá, Robin Williams para mim era um daqueles atores que pode fazer qualquer tipo de filme, e o filme vai ser ótimo, sabe?
E aí sem querer eu me dei conta de que muitos dos meus filmes preferidos da vida foram protagonizados por ele.

O filme da minha vida inteira: Sociedade dos Poetas Mortos. "Oh Captain! My Captain!". Pelo amor de deus, gente, não há um pedaço sequer do filme que não me emocione. 


Amor Além da Vida, o filme mais lindo que eu já vi.


O homem bicentenário: ninguém da nada pelo filme, mas eu já vi milhões de vezes e ainda vou ver um milhão mais.

Patch Adams: Gente. Coisa mais irônica do mundo um filme que ele interpreta uma pessoa que saiu da depressão e faz os outros sorrir. 


Uma babá quase perfeita: filme que embalou minha infância inteirinha.


Jumanji: Outro filme da minha infância que me marcou muito.
                                
A lista é enorme. 
E de repente eu me dei conta de que talvez o ator que eu mais gosto de todos é ele. E essa notícia realmente me abalou. Depressão não é brincadeira, gente. Vamos abrir os olhos e enxergar o que está bem do nosso lado. Não dá pra ignorar.  
Sei lá se é muito cedo pra falar disso, mas poxa, to triste pra caramba.

6 comentários:

  1. Muito triste mesmo!
    Um dos meus filmes preferidos é "Sociedade Dos Poetas Mortos", é incrível e chorei muito quando assisti. É uma filme pra vida!
    E depois de ler o post, eu também lembrei desses filmes que ele fez e são todos bons. Ele era aquele tipo de ator que a gente gosta um bocado e tem um amorzinho, e não queria que morresse nem tão cedo.
    E depressão é algo muito sério mesmo, espero que as pessoas deem mais importância a isso.
    Beijo
    http://www.debsupertramp.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Já revi Sociedade dos Poetas Mortos umas sete vezes brincando e é de longe um dos filmes preferidos da minha vida.
    Assisti a poucos filmes dele, mas o cara tinha o dom mesmo. Dos que assisti, nenhum deixou a desejar. É uma grande perda pra indústria cinematográfica.

    A gente tem que olhar mais pelas pessoas que tem depressão. Que doença horrível.

    Pretendo maratonar alguns filmes dele. Tenho certeza que vou gostar de todos.
    Rest in Peace, Robin.

    <3 beijo amiga! fica bem!

    ResponderExcluir
  3. Ele é o tipo de pessoa que eu nunca imaginei que fosse morrer.
    Há esse tipo. São poucos, mas há aqueles que a gente nunca imagina que morrerá, tamanha é a energia boa que passam. Uma pena, uma grande pena. :x

    ResponderExcluir
  4. Você sabe que como cinéfila eu sou uma ótima amiga, né?
    Então não tenho assim uma longa história de amor com Robbie Williams, mas estou bem chateada :(
    Lembrei de "O homem bicentenário" e agora to doida pra ver "Sociedade dos poetas mortos", que nunca vi.
    "Amor além da vida" eu já assisti, mas não lembro de ter dado muito por ele. Mas lembro que não vi num momento que tava muito inspirada, então possivelmente isso tenha contado bastante...
    Te amo!!!

    ResponderExcluir
  5. Plan, eu nem era fã do cara. Aliás, se me é permitido dizer a verdade verdadeira sem ser odiada por esse coraçãozinho do mar, eu mais desgostava do que gostava dele. Não é meu tipo de ator, não fazia meu tipo de filme e, bem, você sabe que eu nunca vi Sociedade dos Poetas Mortos. Em minha defesa, sempre amei Jumanji e o filme da babá, e teve uma época que eu fiquei viciada numa série super antiga dele, ele era um alien que chegava na Terra dentro de um ovo. Era bizarro e bem diver, recomendo.
    Enfim, apesar disso tudo, fiquei super abalada com a morte dele. Sei lá, algumas pessoas a gente nunca imagina morrendo, né? Ele era uma delas. Ainda mais de um jeito tão triste e horrível. Que coisa, essa vida. Poxa vida.
    Que ele esteja em paz.
    Beijos <3

    ResponderExcluir