quinta-feira, 22 de novembro de 2012

É o meu jeitinho.

Eu tenho uma coisa que é assim: quando eu preciso fazer algo super chato, ou que eu não queira fazer, sempre olho para as pessoas na rua e fico com inveja porque elas não têm que fazer o que eu tenho. Entenderam?


Época de vestibular, nos quatro dias que eu ia para aquela tortura, sempre ficava olhando para as pessoas na rua e pensando "Olha essas pessoas, tão felizes, sem vestibular, só andando na rua, curtindo o verão. QUE MERDA."

Essa semana que eu precisei ir no dentista devido a uma complicação da cirurgia que eu fiz, não consegui evitar os olhares de inveja em cima das pessoas que estavam na rua. Principalmente aquelas que estavam rindo, conversando, ou comendo, coisas que eu não podia fazer naquele momento. 

E no começo do ano que eu fui obrigada a acordar cedo para ir trabalhar, eu tinha uma sincera inveja dos mendigos na rua. Juro. Fico um pouco constrangida falando isso, mas gente, todos deitados e dormindo profundamente, sabe? Alguns com mais travesseiros que eu!!
QUE MUNDO INJUSTO O QUE VIVEMOS! [ironia]

Até mesmo quando estou com um sapato apertado que faz picadinho dos meus pés, eu fico cobiçando o tênis confortável alheio.

Isso não é pecado? Se for, eu to ferrada.

É algo que eu não posso evitar, só aprender a conviver, bla bla bla, no momento estou com inveja das pessoas que passam comendo na frente da minha casa, porque estou com fome, MÃE CADÊ COMIDA?



7 comentários:

  1. Mãe? Ah tá, entendi!!!
    Ficou bom, parece até os bifes acebolados...Bjo!

    ResponderExcluir
  2. HAHAHA, eu penso isso também! Digo, de ficar olhando pras pessoas e imaginando o quanto elas são felizes por não terem que fazer algo que eu tenho. Depois que eu comecei a auto-escola e não passei na prova, eu fico olhando todos aqueles mil carros nas ruas e pensando em como aquelas pessoas são felizes por não terem que passar por aquele inferno de novo. Ultimamente, minha maior alegria será o dia que eu segurarei a carteira de motorista na minha mão..

    ResponderExcluir
  3. hahahaha, é normalíssimo ter pensamentos anormais a gente é que não percebe. enquanto cobiçamos determinados aspectos da vida alheia, os alheios devem fazer o mesmo com a gente né? rs


    beijoca

    ResponderExcluir
  4. Ai já me peguei pensando assim. Várias vezes quando trabalhava ou tinha que acordar cedo, aula. E claro, vestibular, clássico. huahauahuha
    É bom saber que não sou a única xD


    ResponderExcluir
  5. Pesquisando blogs aleatórios pra tentar achar algo legal pra ler.

    Daí eu acho um texto que me descreve no momento.

    Vou deixar esse comentário pra saber que isso aconteceu. Essa é uma das graças da internet.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi, adorei o blog.
    Eu já fui muito assim, ta...confesso, ainda sou assim...mas hoje um pouco menos!

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Essa de trabalhar dia 01 de janeiro já aconteceu comigo e eu simplesmente odiei!

    O Jovem Jornalista fez 4 anos ontem, passa lá e vote, também nas enquetes!

    ResponderExcluir