quarta-feira, 4 de julho de 2012

Desmontada.

Desmontada. Ta aí o jeito que estou me sentindo agora.
Algumas partes faltando, alguns membros, alguns pensamentos...

Às vezes eu tenho a sensação de que estou caindo aos pedaços, de que não vou aguentar.
"Pode até parecer fraqueza, pois que seja fraqueza então..." já diria Lulu Santos.

Essa está sendo a semana mais cheia do ano para mim. Eu tinha mil coisas para fazer no trabalho, um livro para terminar na faculdade e um bolo de provas. 
Meu nervoso foi tanto que eu fiquei o quê? Isso mesmo, doente.
Ah...as ironias da vida, não é?
Não consegui fazer as coisas para o trabalho, faltei dois dias e estou aqui me corroendo de culpa. Fiz meu livro às pressas, super capenga, pedindo clemência. As provas, só Deus sabe.

E agora que estou me recuperando, a semana está acabando, as férias chegando, e eu continuo me sentindo assim, meio faltando, sabe? Tudo no gerúndio mesmo.

É uma coisa esquisita, essa sensação. Parece que eu não estou aqui, que estou aérea, em outro mundo, quando eu deveria estar com os dois pés bem fincados no chão, prestando atenção em tudo que acontece, bem de saúde.

Eu devia ter uma âncora presa em mim, mas o que eu tenho mesmo é um balão de gás hélio me puxando para cima. 
Só gostaria de saber onde diabos eu vou parar!


*Esse post é um meme. Tive que pegar um título de algum post de outra blogueira e dar uma "reciclada", escrever outro texto com ele. :) Maneiro, né?*

5 comentários:

  1. já me senti muito assim Gab! Muito, mas passa... e as vezes é bom morar no mundo da lua, o nosso mundo anda tão feio que é capaz de dar ainda mais desanimo.
    Mas não deixe isso te abater tanto florzinha! Tenha força e saiba que voce tem mais 32 garotas para servir de muleta... E maca tambem se preciso for! rs

    beijos gatona <3

    ResponderExcluir
  2. É incrível a nossa capacidade de ficar doente justamente nos momentos em que mais precisávamos ser saudáveis. Espero que você melhore e que suas merecidas férias cheguem logo para que você possa finalmente descansar, que parece ser o mais necessário no momento!

    ResponderExcluir
  3. Como se já não bastasse ter que aguentar tudo isso, o corpo pede arrego da forma mais simplória e chata: adoece. E aí, tudo se torna mil vezes pior de se fazer. O que era pra ser simples, acaba se tornando uma tarefa complicadíssima e a vontade vai para o beleleu.

    Melhoras gata! E fica forte, porque as férias tão chegando!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Gab, eu SEMPRE adoeço em fim de semestre. Sempre! Basta eu ter alguma coisa importante, estar atolada, etc, que fico doente. Lembro que ano passado eu cheguei a fazer vestibular com febre, reflita.
    Melhoras e sobreviva, por favor!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente a gente se sente desmontada muuuuitas vezes nessa vida. Mas é só pra percebermos que temos força pra nos montarmos de volta, e ficarmos cada vez mais fortes!
    Beijo, amor-de-Gab!

    ResponderExcluir