quarta-feira, 20 de junho de 2012

"Apesar de você, amanhã há de ser outro dia"

Ta aí uma ótima frase, eternizada pelo mestre Chico Buarque. Essa música tem sido meu "calmante". É a primeira que eu escuto assim que sento no ônibus. Tanto indo como voltando do trabalho. Esses pequenos minutos ouvindo aquela baita voz me dá uma calma enorme e a certeza que vai ficar tudo bem porque afinal "amanhã vai ser outro dia", apesar de você, apesar de todos os pesares...
Mesmo que o dia tenha sido péssimo, é bom lembrar e ter em mente que amanhã vai ser diferente, se a gente quiser que seja.

Mas ó, concordo com Chico: quem inventou a tristeza, poderia mesmo ter a fineza de desinventar. Imagine que sem ela os dias seriam relativamente mais fáceis. Só não seriam totalmente porque ainda existem outros sentimentos ruins, infelizmente.

De qualquer jeito acho que todos deveriam ouvir essa música e se inspirar nela, tá?
Aliás eu acho que todos deveriam ouvir Chico Buarque por inteiro porque é bom e pronto!

Chico novinho curtiu esse post.

7 comentários:

  1. Canta pra mim depois amiga!

    ResponderExcluir
  2. Chicão lindo e charmoso, como sempre.
    Vou fazer como você agora, Gab. Levantar, tomar banho, beber um cappuccino do bem e ouvir que amanhã é outro dia. Porque tem dias que...né.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Eu amava essa música também, daí estudei ela na escola e era sobre a ditadura, a gente teve que desmascarar a música e tal, daí eu comecei a ver a música de uma maneira completamente diferente! E agora toda vez que eu escuto fico imaginando a ditadura inteira e tal hahaha

    ResponderExcluir
  4. Música liiiinda! Amo! Não tem como não amar, né?

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho é que dar uma nova chance pro Chico, sabe. Não sou lá muito fã e se todas as minhas mafiosinhas gostam... sinal que preciso rever meus conceitos.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Que medo, gente! Assim que abri o blog, o shuffle começou a tocar Apesar de Você.
    Essa é uma das minhas preferidas do Chico e eu tenho ouvido muito, muito!

    Beijo, Gab!

    ResponderExcluir
  7. Mil anos sem ouvir essa música. Acho que vou procurar. Certeza que vai me fazer bem.

    ResponderExcluir