quarta-feira, 16 de maio de 2012

Dona Joana.

"Estou pagando minha língua", pensou Dona Joana sentada em sua cadeira de balanço. Vovó Jô, como era chamada pelos netos, sempre dizia que quando envelhecesse gostaria de ficar sozinha pois não queria dar trabalho para ninguém. Os filhos não levavam a sério, afinal quem nesse mundo gosta de ficar sozinho?
Dona Joana ficou viúva antes do primeiro neto chegar. Por isso, os filhos ficaram mais próximos, talvez numa tentativa de consolação mútua. 
Quando os netos nasceram, Dona Jô foi vó e vô ao mesmo tempo. Ela passava horas jogando bola com os meninos e brincando de boneca com as meninas,  montava carrinhos e costurava pequenos vestidos. Seus filhos sempre deixavam as crianças com ela, costume que acabou virando rotina. 
Vovó não se incomodava, gostava dos netos, mas também gostava de passar um tempo sozinha. Não contava para ninguém, mas ansiava ficar só desde que o falecido Antônio havia partido.
Mesmo assim não reclamava, achava que era bom aproveitar o tempo que ainda restava com os netos e filhos, mas quando ela aproveitaria o tempo com ela mesma?
Numa tarde, sentada na sua cadeira de balanço, começou a pensar na sua vida até ali. Achou graça. Tanto falou que queria ficar sozinha e agora vive acompanhada, tanto que às vezes mal conseguir ouvir os próprios pensamentos!
Ouviu o grito da neta mais nova pedindo por biscoitos e concluiu: "Tudo bem, ficarei sozinha quando morrer". E, por fim, levantou-se, resignada, e foi atender à neta que agora berrava por ela.


                                                                      (daqui)

(Uma nova versão do curta "Lembra, meu velho". Já viram? Recomendo. É triste, mas é bonito.)

4 comentários:

  1. que triste Gabs :x
    Eu não sei o que a vida me reserva, mas se eu juntar e/ou tiver fillhos não quero ficar criando criança que não é minha não... quero viver minha vida ao máximo até depois de velha hahahaha
    Mas ficou amorzinho o texto, mesmo triste.

    ResponderExcluir
  2. amei o texto! Triste mas lindo! E os que dizem querer ficar sozinhos são os que mais precisam de companhia. Abraços <3

    ResponderExcluir
  3. Morri de amor com esse texto e me identifiquei com a dona Joana! <33333 Linda pra vida! :3


    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gente, que interessante. Querer ficar só e estar sempre acompanhada. Nossa, existe alguém assim? Assim assim? Gente. Intrigante seu texto. Claro que me fez questionar todo mundo que tem medo de envelhecer sozinho.

    ResponderExcluir