terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Mas já?

Quinta agora eu faço 21 anos e eu não sei se vocês sabem, mas eu sou dessas que no aniversário pensa: "um ano a menos, maneiro".
Além daquele negócio todo de morte, eu não consigo de jeito nenhum me imaginar mais velha.
Quer dizer, eu consigo, mas quando penso na minha pessoa idosa, por exemplo, parece que não é eu! Entendem?

Mas enfim, hoje eu tava vendo alguns vídeos de quando eu era criança, de festinhas de aniversário que a família toda se reunia no mini apartamento que eu morava e era tããão legal! Eu esperava por esses dias, me divertia, comia brigadeiro até quase vomitar, estourava balão com primos e tios. E gente, cadê? Por que isso acabou? Alguns da família morreram [muitos, na minha opinião], outros não falamos mais por brigas ou porque simplesmente foram pra outros cantos. Eu acho isso muito triste.
Na teoria, a família não era pra ser uma coisa unida? :(

Se eu pudesse fazer um pedido assoprando as velinhas de 21 anos, seria isso: A união e a magia toda de novo.

Pode?

14 comentários:

  1. Gab, realmente a família devia ser unida sim, mas infelizmente cada pessoa tem sua concepção do que é importante e os princípios acabam conflitando e não podendo entrar em acordo.. É uma pena, mas espero que muitas coisas possam se acertar nesse seu aniversário!
    Não se preocupe em ficar velha, viva o que você tem hoje, seus 21 e deixa pra pensar no 22, 23 ou 80 quando chegarem!
    Aproveite pra comer brigadeiro!!!
    Beijo enorme!!

    ResponderExcluir
  2. Julia Wischral curtiu este post.

    ResponderExcluir
  3. Gabi, tente não pensar assim. Fique feliz por ganhar mais um ano de vida ;}.

    Eu queria que a minha família - tios e primos - fosse mais unida também :/

    E, ah, feliz aniversário desde já \o/

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Gab!

    Quando chega meu aniversário eu morro de alegria porque é um dia só pra mim e sobre mim mas fico pensando "mais um ano e o que eu fiz?". Isso deprime!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Acho que nunca conheci bem esse negócio de união familiar pra poder opinar, a minha vive em pé de guerra constantemente!

    Mas acho que, se você pedir, quem sabe?

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Posso dizer que me identifiquei e que comigo também é assim? Inclusive na parte da família "desunida".

    A questão é que não temos o que fazer. A gente fica velho mesmo. O que precisamos fazer é tentar mudar um pouco esse raciocínio, porque senão a gente fica velho e não aproveita nada. Já que é pra envelhecer, pelo menos que seja aproveitando alguma coisa.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. quando eu fiz 18 ano eu fiz uma festa no estilo aniversário de criança. primeiro porque é ruim perceber que estamos ficando adulto, segundo porque festas assim são muito mais gostosas : ) chamei a minha familia toda - que também está espalhada. foi divertido e gordinho! as vezes é uma solução pros seus 21 anos!

    inclusive, feliz aniversário adiantado! ^^
    beijinho!

    ResponderExcluir
  8. Pode sim hein! Deve!
    Feliz aniversário atrasado pra você!!!

    ResponderExcluir
  9. Também penso muito nisso!Eu to beirando os 30 já e sinto tanta falta de como era antigamente! Era tudo mais fácil, ser criança é tão bom que hoje me revolta muito as meninas que querem ser adultas tão cedo.
    E mesmo assim, feliz aniversário!!!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. (Tive que postar de novo pois esqueci de um pedaço... rsrs)
    KKKK! Eu também sou dessas... Pensava que era a única. Eu vou fazer 16 esse ano. Mas mesmo assim já sinto falta de quando era menor... >.<

    Enquanto eu estou querendo ficar nova, existe aquelas garotas de 10 a 12 anos que calçam salto alto e choram por causa de garotos... Vai entender.

    Feliz aniversário. Tudo de bom pra você!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Gabs, primeiro: QUE LINDO ESSE LAYOUT! Essa mania de ler as coisas pelo reader...

    Eu sinto a mesma coisa que você quanto às festas de aniversário. :T
    É triste, eu sei!

    Eu sei que já passou, mas te desejo que a magia volte! Tão logo quanto o possível!

    Beijos, sua linda! <3

    ResponderExcluir
  13. Gabriela querida, meu penúltimo post foi exatamente sobre isso: onde é que foi a parar a magia das festas, das bexigas, da preparação, do encontro entre as famílias? Que fenômeno é esse que tá acabando com esse tempo bom?
    Enfim, aproveito para te desejar um feliz ano novo, lindo, cheio de experiência boa.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. Algumas coisas sempre acabam perdendo a graça com o tempo. Ainda amo o natal, por exemplo, mas a cada ano eu penso que ele não é mais como costumava ser. No meu aniversário eu me sinto meio ambígua. Tem em parte aquele "mais um ano concluído, que não posso mais mudar", mas junto vem "agora tem um ano novinho, para eu fazer dele o que quiser". No fim, acabo sempre esperando para ver pra onde as coisas vão.
    Família é coisa complicada mesmo, mas é sempre família. Espero que seu desejo se concretize.

    Beijos, Gab!

    ResponderExcluir