quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Quase contente.

O fim do ano tá chegando, todo mundo correndo pra lá e pra cá, querendo férias, querendo dinheiro, querendo amor.

Sabe o que eu quero? Agradecer.

Esse ano eu posso dizer que fiz alguma coisa, afinal estou numa faculdade. Particular, mas ok.

E é com muita alegria que eu digo que esse ano eu QUASE não tenho o que reclamar. Acompanhem comigo.

Entrei na faculdade, consegui um quarto só pra mim [vitória!], sabe-se lá como mantive meu namorado junto da minha pessoa [um prêmio pra ele], conheci pessoas novas, fiz novas amizades... e segue.

Pela primeira vez eu chego no fim de um ano QUASE  sem ter o que reclamar. Olha que alegria.

Por que o QUASE Gabriela?

Bom, porque eu ainda sou um ser humano, e sendo um ser humano desenvolvido [ou não] sempre terei coisas a reclamar. Não é essa a lei da vida?

Eu juro que não conheço ninguém que seja completamente contente. TODO MUNDO reclama e não tem jeito. É da espécie, sabe?

Só que sei lá, esse fim de ano eu resolvi fazer algo de diferente e to achando melhor agradecer e ver o que aconteceu de bom do que ficar reclamando do que não deu certo.

Vamos tentar, galerinha? haha

 

5 comentários:

  1. Sou grata por muita coisa esse ano, mas também tenho MUITA coisa pra reclamar. Desde ano passado to tentando mais agradecer do que reclamar, mas é difícil mesmo :P

    Acho legal de ti agradecer também Gabs (: a gente precisa de mais atitudes dessas no mundo.

    ResponderExcluir
  2. Layout lindo e super alto astral! Adorei, Gab!
    E eu também ando assim ultimamente, preferindo não reclamar. Assim, eu tiro meus dias né. Um ou outro, a cada 15, onde eu passo algumas horas reclamando de tudo. Aí depois passa! HAHAHA

    ResponderExcluir
  3. que delícia ver que alguém se deu bem esse ano. que 2012 seja ainda melhor!

    ResponderExcluir
  4. Não sei se porque eu reclamo tanto, que ás vezes ofusca as coisas boas. Ando aprendendo a agradecer mais...

    ResponderExcluir
  5. Ai ai...eu vou até fazer um post sobre o fim de ano, mas ao contrário do seu, o meu foi bem meia boca sabe? Mas sempre temos coisas para agradecer, nem que seja só pela vida da gente e das pessoas que a gente ama né! E isso já é uma grande coisa para se agradecer! Beijos

    ResponderExcluir